UNILOG F7 uni
Notícia - 31/08/2018 às 22:55:31
SONOLENTA, IRRECONHECÍVEL E APÁTICA.
Equipe não rende como em outras partidas e perde a invencibilidade

Por ANTONIO KATIEL BARCELLOS
CARIACICA, ES
Após 800 dias Unilog sofre uma derrota (Foto: Victor Lima)
Após grandes feitos ao longo dos anos, depois de várias vitórias, chegou a primeira derrota da Unilog desde 2016, no tempo normal. A equipe nem de longe passou perto do brilhantismo dos jogos realizados esse ano, segundo o treinador Maurição a equipe não rendeu o seu melhor e preferiu dar os louros da vitória a competência dos Bernardos.

Confira a entrevista após o jogo, com o treinador da Unilog.

Maurição depois dos títulos esse ano, a equipe reestreia no estadual em casa, diante da sua torcida e deixa a desejar, o que faltou, faltou gana de vencer ?

Primeiro seria prepotência da minha parte não reconhecer o mérito dos Bernardos, Sr Carli faz um trabalho muito bom já algum tempo, Elias e Elder ajustaram a equipe, contrataram grandes jogadores que estavam no Juventus (Condé, Pelaes e Chocolate), realizaram um grande jogo. Souberam aproveitar os dois shoot outs que tiveram no segundo tempo e foram merecedores pois foram mais eficiente na proposta do que nossa equipe.

Discurso bonito, mas não fizeram falta jogadores como Ciro, Lekão, Mosquito, Rafinha Canhoto, Gustavo Salle, Bruninho, Navinha, Buru e Tuti ?

Claro que fazem falta, porém temos um elenco de grandes atletas e era hora de dar algumas oportunidades, como eu fiz.

Maurição após 800 dias, o elenco onde vários atletas do Brasil querem jogar na Unilog, não chegou a hora de deixar de lado esse discurso de levar para você as derrotas e passar realmente aos jogadores seus deveres dentro da partida, parecem que alguns atletas não sabem o que é jogar na Unilog, do outro lado vimos uma equipe vibrante durante toda partida, parecia que era final do estadual, não faltou atitude ?

No meu entender fui infeliz na estratégia do jogo, os jogadores deram o seu máximo e não fomos felizes, continuo ofertando mérito ao adversário que foi superior a Unilog. Quanto a ser uma partida como se fosse final, todos os jogos contra Unilog serão assim, pode ter nos faltado um pouco de concentração.

E arbitragem, foram vistas uma enorme quantidade de faltas contra a Unilog, foram 7 no segundo tempo, onde a Unilog nas competições nacionais comete muito poucas faltas e no cenário estadual os árbitros marcam faltas que parecem de campo ?

Após uma derrota, seria muito oportuno da minha parte ser covarde e colocar culpa na arbitragem, eles deram o melhor que puderam dentro da partida. Continuo dando mérito ao adversário e isento a arbitragem de qualquer erro.

Para um treinador da Unilog, esse discurso de mérito ao adversário, sem comentar sobre os erros da arbitragem, não é muito pouco para equipe que mais treina, que mais investe, que possui grandes atletas ?

No meu entender não, se quiser outro discurso, pode entrevistar outra pessoa. Essa é minha linha de pensamento e não mudo, os erros internamente iremos tentar melhorar. Quanto a equipe que mais treina, a equipe que mais investe acho que existem outras que também fazem o mesmo e/ou gastam até mais que a Unilog, quanto aos atletas continuo achando que temos grandes atletas.

Depois desse tempo todo invicto, qual a sensação desse momento?

Frustração pelo rendimento da minha equipe, agora continuar o trabalho como sempre fazemos ao longo desses anos na Unilog. Não é o fim do mundo, acho que essa derrota chega em momento certo, pois estava atrapalhando no rendimento da equipe, vamos em busca do título mais fortes do que nunca. Essa equipe de homens está preparada para resultados adversos.

Não está encarando a derrota com muita normalidade, conhecemos você, sabemos que não é desse jeito ?

Odeio derrota em qualquer coisa, sou vitorioso por natureza. Não tivemos bem e o Bernardos foram superiores, se quer esperar que aponte atletas, nunca fiz, não faço e jamais farei. Sou fechado com meu grupo, trabalhamos com muito fé, perseverança, resiliência e em busca da excelência. Pode ser que a soberba, ego,vaidade coisa que eu mais brigo e peço a eles possa nos atrapalhar, claro que sim, impérios, reinos, governos, equipes caíram quando deixaram o nós de lado para viver o eu, porem sou Unilog, e já mostraremos nossa força no próximo jogo. Nascemos grande por natureza, sabemos o que queremos, o que somos e até onde vamos chegar.

     
publicidade